quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Enquanto você esteve fora

     Enquanto você esteve fora eu mudei. Conheci gente nova, mudei os ares, ditei as regras. Mudei de casa, moro sozinho. Gravei um filme, cantei no palco. Ganhei dinheiros, cervejas. Enquanto você esteve fora conheci um novo alguém. Um alguém totalmente novo e diferente de você. Seguro. Troquei de celular, viajei.
     Olhando assim, parece que vivi uma vida. Vivi, a minha. Onde eu posso respirar calmamente de novo, seguro de que nada vai me arrancar num repente, me virar do avesso e me lançar com tudo de volta na superfície.
     Enquanto você esteve fora, morri. Vivi. Vivo, memória.

10 comentários:

  1. "Olhando assim, parece que vivi uma vida. Vivi, a minha."
    In-crí-vel.
    Eu nem sei o que dizer. Tem gente que nos sufoca né? E quando vai embora deixa um monte de dor, mas um certo alívio também. Viver, morrer... a gente renasce mesmo todo dia.

    Mil beijos s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sufoco, dor, alívio... Como pode caber sentimentos tão contraditórios na mesma relação, né?
      Tempo de renascer com completa segurança. Será melhor?

      Beijos, linda ♥

      Excluir
  2. Adorei Johnny :)
    beijus
    daniellaalessandra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. gente, que coisa mais poética, mais linda, mais profunda e ao mesmo tempo simples.
    gostei de verdade verdadeira.
    <333333

    e é tão bom quando certas pessoas vão embora que você realmente começa a viver a vida e não a depender de uma parada que suga sua energia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VOCÊ É MARAVILHOSA! Coisa mais linda é ver você dando o ar da graça aqui <333333333
      Fico felizão que cê gostou, musa! E, cara, viver por si, pra si, é a melhor coisa. ♥

      Excluir
  4. Gente! Senti exatamente isso depois que meu último relacionamento acabou. Parece que comecei a viver mais e melhor. Parece que o trauma e a dor faz com que a gente sinta mais as coisas, boas e ruins, e comece a ver que não pode perder tempo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, penso nisso também. A gente vai ganhando experiência né? E vendo que, apesar de situações diferentes, as essências dos erros são as mesmas. Com isso evitamos perder certo tempo, às vezes.
      O bom é se libertar e viver em paz e leve!

      Excluir