terça-feira, 23 de agosto de 2016

Um café e a sua cortina azul

     Me pergunto se o que me motivava a escrever linhas e linhas sobre você era a sua presença aqui. Mesmo quando era falsa presença, presente era. Fato é que você partiu, mas o sentimento remanesceu, apenas parou de ser alimentado. O que não faz sentido algum, já que mesmo quando estava aqui, não estava. Já não corro mais o risco de te esbarrar. O caminho até o trabalho já não tem mais aquela graça, nem mesmo pegar o onibus na rua de trás.
     As cortinas azuis viraram beges, última identificação visual a ser apagada. Penúltima, talvez. O livreto com seus contos e ilustrações ficou na gaveta em JF City. Bahia parecia ser um destino muito longe e arriscado para ele. Pra que?
     Café e Tom's Diner embalam a ressaca de você enquanto escrevo mais um sobre o seu sorriso nessa tarde cinza. Sempre embalaram. Se parar pra pensar, a bolha estourou. Fomos eu, você, coisas no chão do seu quarto. Único, desfizemos. Música. Difícil será escutar os ritmos dos versos que fiz pra ti, por aí. Diferentes estações, diferentes melodias nos separam agora. A música em si não se parece muito com nada que tem atualmente por aí. Bastante dos seus 90's se fazem presentes. Congelou no tempo e me congelou junto. Isso sim faz mais sentido, visto que o tempo realmente não passava enquanto era presença real.
     Pelo seu próprio conto, respondido fui. ''Lembro da cortina azul''. Lembro da janela grande e da vista nua em frente. A vida toda acontecendo do lado de fora, do outro lado da rua. A vida toda aconteceu da janela pra dentro. ''Ele não vai gostar de você dormir aqui, ninguém nunca dormiu.'' ''O que você acha?'' ''Eu gosto.''.
     O café tá meio morno, meio esquisito, mas definitivamente não tá frio. Talvez essa seja a temperatura ideal de equilíbrio em que a história do seu sorriso cabe. Normalmente, pega fogo se esquentar e em alguns segundos tudo vira carvão. Fogo baixo, bebida morna. Que bom ter um armário cheio de café.

31 comentários:

  1. Adorei o texto! Quando estamos apaixonados costumamos escrever muito sobre a pessoa, fantasiar momentos e escrever os que já vivemos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão.
      Eu não sei definir exatamente o que é esse sentimento, mas certamente é algo inspirador para os textos.

      Excluir
  2. Eu amei o texto ! Amo quando leio um texto e sinto uma paz <3
    beijos
    www.fotografandofelicidade.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paz é um dos melhores sentimentos que alguém pode lhe trazer. Fico grato por saber que proporcionei isso.
      Obrigado

      Excluir
  3. Olá!

    lindos textos!
    amei seu cantinho,e voltarei!
    um abraço!
    http://voo-de-liberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será sempre um prazer ver você por aqui!
      Obrigado

      Excluir
  4. Que texto mais lindo que blog mais lindo! Estou encantada!

    O café ainda está morno e caso acabe eu passo outro.


    www.cantinhob.oom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! Vou adorar te ver mais vezes por aqui.
      E café é uma coisa maravilhosa de se ter sempre, né?

      Um beijo!

      Excluir
  5. Que texto mais lindo ♡
    Você realmente tem jeito com as palavras. Parece até uma música.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que pense assim, Isabelle! Música também sai às vezes. Sobre o sorriso saiu.

      Excluir
  6. Esse texto <3 ''O café tá meio morno, meio esquisito, mas definitivamente não tá frio. Talvez essa seja a temperatura ideal de equilíbrio em que a história do seu sorriso cabe. Normalmente, pega fogo se esquentar e em alguns segundos tudo vira carvão. Fogo baixo, bebida morna. Que bom ter um armário cheio de café.'' Isso foi tão <3 awwww maravilhoso hehehe, amei o texto, esse último parágrafo mexeu comigo.

    Beijos

    Poesia em Transe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah Gabriela! Sempre fico muito feliz em te ver por aqui. Te acho tão inspiradora!
      Obrigado pelo carinho, um beijo!

      Excluir
  7. Nossa, que texto maravilhoso! Frases super inspiradoras, precisava ler isto hoje! <3 Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter deixado seu dia melhor, Julia!
      Um beijo

      Excluir
  8. Que lindo esse texto, amo seu jeito de escrever <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que surpresa linda, ruiva! Amei cê dando as caras por aqui.
      Ohana ♥

      Excluir
  9. Eu tinha até esquecido como os seus textos são maravilhosos, faz tempo que passei aqui, mas é bom voltar e ver que você ainda continua tão poético *-* Essa levez pós leitura é natural? Haha, beijos!
    www.tobemzen.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaela, eu lembro de você! haha
      Passo pelo seu site de vez em quando também. Que legal ler isso, obrigado!
      Leveza é tudo de bom <3

      Excluir
  10. Nossa, estou encantada!
    Que texto lindo, mesmo com tom bem pessoal vc transmite bem o sentimento para quem le... Amei sua escrita, vc faz muito bem de divulga lá conosco!
    Sucesso, bjao

    ResponderExcluir
  11. Às vezes, uma ausência causa um vazio interior que nada consegue suprir.

    Beijão!
    Blog: *** Caos ***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso vale pra tantos contextos, né?

      Um beijo

      Excluir
  12. Adorei o jeito que você escreve. O café tem que estar na temperatura ideal nem muito quente nem muito frio... Tudo na vida deveria ser como café na temperatura ideal e um sonho seria um armário cheio de fé...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Acredito que o fato de poucas coisas serem na temperatura ideal é que nos faz gostar e valorizar mais quando achamos algo assim. Que bom, né?

      Excluir
  13. Oi Johnny, tudo bem? Quando amamos alguém, mesmo que não esteja mais ao nosso lado, sua presença continua preenchendo o ambiente. Mesmo sozinhos, sentimos a companhia de uma forma estranha. Como se na realidade nunca tivesse ido embora. Nossas lembranças são tão claras que chegam a confundir-se com a realidade. Seu texto ficou incrível, parabéns! Beijos, Érika ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Érika!
      Isso é bem verdade mesmo. Essa coisa das lembranças se confundirem com a realidade é boa, hein? Dá texto!
      Beijos

      Excluir
  14. E como sempre, acaba comigo.
    Graças a deus um armário cheio de café, porque sustentar a insônia só com os pensamentos é tortura.
    A gente sente falta de uma presença que sempre foi ausente. Isso é tão estranho, né?
    Divino, like always <3
    mil beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ''porque sustentar a insônia só com os pensamentos é tortura''. É, Beca. É essa a vibe.
      É louco isso de sentir falta de uma presença ausente. Cê capta tão bem tanta coisa que nem sei, viu <3

      Excluir
  15. O café. Ele.... Sempre presente nas reflexões.Obrigada pela autenticidade no texto, por se expor e falar de sentimento abertamente.
    Ótima semana!
    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir