domingo, 8 de fevereiro de 2015

Músicas atemporais da minha vida: Safe And Sound - Capital Cities

     Música, pra mim, é algo tão essencial quanto o ar ou água. Sou daquele tipo de pessoa que pra tudo o que faz na vida, existe uma trilha sonora. E quem me conhece um pouco mais sabe da minha grande paixão por cd's, dvd's, vinis e coisas do tipo. Pensando nisso, queria ter um lugar pra registrar aquela música. Sabe ~aquela~ música que marca uma época, uma relação, um sentimento, e que, mesmo depois que passa, continua atual e na sua playlist pra sempre? Então, essa música!
     Sou colecionador de música em seus estados físicos, poucas coisas são tão preciosas pra mim quanto isso. E guardo - óbvio - no meu baú de canto (sem qualquer tipo de trocadilho aqui, minha gente).
     Pra iniciar então essa coluna tão significativa, escolhi uma música que carrego comigo desde o comecinho de 2013, quando um amigo me apresentou há exatos dois anos atrás. Fui invadido pela sensação que essa música proporciona desde a primeira ouvida, e daí por diante procurei tudo o que podia encontrar sobre a banda. Na real, ela foi lançada em 2011 pela banda no primeiro EP, só que só vim a conhecer 2 anos depois, e 1 ano depois começou a bombar por aqui.
     O grande diferencial de Capital Cities, pra mim, é a forma como eles fazem o tipo de som deles. A mistura do saxofone e trompete MARAVILHOSOS com todos os outros elementos torna tudo tão agradável e enche de sentimento. Música pra sentir, música pra ver!
     O vídeo deixa a música ainda mais bela. Revivendo momentos de um teatro antigo, fundado em 1913, eles apresentam todo tipo de memória do lugar. Quanta história você acha que pode existir num grande teatro? É um mundo mágico, onde a magia vai, nos bastidores, muito além do que se vê apresentado.
     Destaco os detalhes, como os posters dos espetáculos representando outras músicas incríveis do album de estréia, Love Away e Center Stage; a retratação de vários tipo de dança, dos diferentes estilos de várias épocas, juntos; a forma como eles ganham vida novamente, saindo do preto e branco para a alegria das cores, e, claro, Ryan e Sebu super sexys como dançarinas e a mocinha do flashdance! Podemos amar e fazer a dancinha dela, sim!
     E você? Tem ~aquela música~ tema da sua vida, ou de algum momento importante/bacana/ especial, ou alguma sugestão legal? Deixa aí!

3 comentários:

  1. Essa música é linda mesmo, adoro a melodia dela. beijos www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
  2. heey quanto bom gooosto! realmente essa mistura faz toda diferença ! e voce escreve muito bem mesmo *.*

    http://cor-decinza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir